Sri Lanka: toque de recolher e ordem para atirar sem aviso durante protestos

A crise econômica no Sri Lanka eclodiu em uma crise política, que já levou o primeiro-ministro Mahinda Rajapaksa a renunciar, na segunda-feira. Para conter a onda de protestos por todo o país, autoridades impuseram um toque de recolher e ordenaram que suas forças atirem sem aviso prévio durante manifestações.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos