Stanislav Shushkevich, primeiro presidente de Belarus, morre aos 87 anos

O primeiro presidente de Belarus independante, Stanislav Shushkevich (C), ao lado dos então presidentes ucraniano Leonid Kravtchuk (E) e russo Boris Yeltsin (D) em 8 de dezembro de 1991, após a assinatura do tratado que organizou a dissolução da URSS (AFP/-) (-)

Stanislav Shushkevich, que foi o primeiro presidente de Belarus independente e é considerado um dos coveiros da União Soviética (URSS), faleceu aos 87 anos, anunciou sua esposa.

"Esperamos que tenha um funeral de Estado, mas ninguém entrou em contato com a família até o momento", afirmou a viúva, Irina Shushkevich.

De acordo com vários meios de comunicação, o ex-presidente faleceu depois de ficar gravemente doente pela covid-19, que contraiu em março. A esposa afirmou no fim de abril que o marido estava no CTI.

Em 8 de dezembro de 1991, os presidentes da Rússia, de Belarus e da Ucrânia, Boris Yeltsin, Stanislav Shushkevich e Leonid Kravchuk, assinaram um tratado que organizava a dissolução da URSS, forçando a renúncia do último líder soviético, Mikhail Gorbatchev, pouco depois, o que representou a sentença de morte da potência soviética.

Mas em 1994 Shushkevich foi obrigado pelos deputados a renunciar ao cargo, acusado de corrupção, ao lado de outros funcionários de alto escalão, em um relatório do presidente da comissão parlamentar anticorrupção, Alexander Lukashenko.

Poucos meses depois, Lukashenko venceu as eleições presidenciais contra Shushkevich e outros candidatos.

Quase 30 anos depois, Lukashenko permanece no poder à frente de um regime autoritário.

Stanislav Shushkevich liderou um partido social-democrata de oposição até 2018. Em 2012, após um movimento de protesto, ele afirmou que o regime bielorrusso o proibiu de sair do país.

Em reação a um amplo movimento de protesto contra sua reeleição em 2020, o presidente Lukashenko ordenou uma ampla repressão à oposição, à imprensa e às ONGs independentes.

bur/at/mis/zm/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos