Startup constrói casa de concreto com impressora 3D em cinco semanas

Na Dinamarca, a startup 3DCP construiu uma pequena casa de concreto com impressora 3D em apenas cinco semanas. Foto: Divulgação/3DCP.
Na Dinamarca, a startup 3DCP construiu uma pequena casa de concreto com impressora 3D em apenas cinco semanas. Foto: Divulgação/3DCP.
  • Na Dinamarca, uma pequena casa de concreto foi construída com uma impressora 3D em cinco semanas;

  • Durante todo o período da construção, a impressora 3D ficou ativa por apenas 22 horas;

  • Fiação elétrica, encanamento e outras funcionalidades foram terminadas à medida que a casa era impressa.

Você moraria em uma casa impressa em 3D? Nos últimos anos, a construção de imóveis por meio desse processo tem se popularizado, e, recentemente, mais uma propriedade do tipo foi construída: uma pequena casa de concreto intitulada 'Casa 1.0', projetada pela startup 3DCP Group.

Segundo o cofundador e CEO da empresa, Mikkel Brich, essa, que é a primeira construção do grupo, foi bem sucedida. O pequeno edifício está localizado na cidade de Holstebro, na Dinamarca.

“Não parece tão impressionante quando você passa por ela na estrada, mas na verdade é um grande salto para a indústria da construção e o futuro da construção”, afirmou Brich ao site de notícias norte-americano Business Insider.

Leia também:

Para gerar o pequeno edifício, a 3DCP usou a impressora BOD2, da empresa dinamarquesa de construção e tecnologia COBOD.

Ao contrário de grande parte dos projetos tradicionais, que podem levar meses e anos para ser finalizadas, a pequena casa levou apenas cinco semanas entre projeto e construção.

A equipe trabalhou 18 horas por dia para completar o pequeno edifício, mas, no período total, a impressora 3D ficou ativa somente 22 horas.

Birch alega que a pequena unidade poderia ter sido concluída em apenas 10 horas, se não houvesse a necessidade de cumprir os regulamentos de construção da Dinamarca.

Fiação elétrica, encanamento e outras funcionalidades foram terminadas à medida que a casa era impressa.

A construção foi finalizada em março e, recentemente, aberta ao público, que teve visitantes de países como Estados Unidos, Singapura, Austrália e Guatemala.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos