Startup Inventa, que liga PMEs a fornecedores, recebe aporte de US$55 mi

Startup Inventa, que liga PMEs a fornecedores, recebe aporte de US$55 mi

SÃO PAULO (Reuters) - A startup brasileira Inventa, que conecta pequenos e médios lojistas a indústrias, anunciou nesta quarta-feira que recebeu um aporte de 55 milhões de dólares liderado pelo fundo de venture capital Greylock Partners.

A rodada, a terceira recebida pela fintech criada em março de 2021, também teve participação dos fundos de investimento Greenoaks, Andreessen Horowitz, Monashees, Founders Fund, Tiger Global, NXTP, ONEVC, MAYA, Pear VC, Avenir Growth e A* Capital.

A startup usa tecnologia, dados e prazo de pagamento flexível para facilitar o processo de compra para pequenas empresas no mercado B2B (business-to-business, quando a relação é entre empresas e não envolve o consumidor final).

Em comunicado, a Inventa afirmou que usará os recursos captados para contratar mais profissionais e ampliar suas categorias de clientes, adicionando aos segmentos de beleza & bem-estar, casa & decoração e mercearia os de acessórios, bijuterias, pets e papelaria.

"Vamos ampliar nossa capacidade de execução e aprimoramento de projetos, possibilitando abrir espaço a mais varejistas e marcas fornecedoras", afirmou o presidente e cofundador da Inventa, Marcos Salama, ex-executivo da Rappi, em comunicado.

A empresa afirma que dobrou nos últimos meses tanto a rede de lojistas atendidos, para mais de 40 mil, quanto de fornecedores, para mais de 800.

(Por Aluísio Alves; edição de André Romani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos