Startup de NFT de Tom Brady levanta US$170 mi em captação

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Tom Brady no Raymond James Stadium
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

BENGALURU, Índia (Reuters) - A Autograph, plataforma de tokens não fungíveis (NFT) co-fundada pelo astro do futebol americano Tom Brady, anunciou nesta quarta-feira que levantou 170 milhões de dólares em uma rodada de captação de recursos liderada pelas empresas de capital de risco Andreessen Horowitz e Kleiner Perkins.

A startup criada ano passado opera uma plataforma de NFT envolvendo itens colecionáveis de celebridades esportivas, do entretenimento e cultura.

Os atletas Naomi Osaka, Tiger Woods, Simone Biles, Tony Hawk e Usain Bolt estão entre os membros de seu conselho.

A captação anunciada nesta quarta-feira ocorreu seis meses depois de uma rodada série a na qual a empresa levantou 35 milhões de dólares sendo avaliada em 700 milhões de dólares, segundo dados da PitchBook.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos