Startup de saúde Alice recebe aporte de US$127 mi

·1 min de leitura
.

SAO PAULO (Reuters) - A startup brasileira de saúde Alice anunciou nesta terça-feria que levantou 127 milhões de dólares em uma rodada de investimento liderada pelo Softbank.

Outros investidores incluem os fundos Kaszek, ThornTree Capital Partners e novos investidores, como Allen & Company, G Squared, Globo Ventures e StepStone. Outros acionistas da Alice incluem Canary, Endeavor Catalyst e Maya Capital.

A Alice não divulgou sua avaliação na rodada. O presidente e cofundador André Florence disse que os recursos serão usados ​​para investir em tecnologia e serviços para empresas interessadas em fornecer assistência médica a empregados.

Paolo Passoni, diretor do Softbank Latin America Fund, disse que menos de 25% dos brasileiros têm acesso à saúde privada e que a Alice é uma empresa que está tentando resolver problemas de saúde.

A startup, com foco na região metropolitana de São Paulo, oferece assistência médica para cerca de 6 mil pessoas e tem como parceiros 10 hospitais e 200 laboratórios médicos. A Alice comprou recentemente a startup Cuidas, com foco no fornecimento de produtos de saúde para empresas.

(Por Tatiana Bautzer)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos