Startup de táxi aéreo urbano, Volocopter ganha certificado de produção

·1 minuto de leitura

BERLIM (Reuters) - A startup alemã de táxi aéreo urbano Volocopter anunciou nesta terça-feira a compra da parceira de longa data DG Flugzeugbau, um passo que garante o cumprimento de padrões de produção dos órgãos reguladores de segurança aérea na União Europeia.

A aquisição, por termos que não foram divulgados, significa que a Volocopter agora tem aprovação de organização de produção de acordo com a Agência de Segurança da Aviação da União Europeia (EASA), além da já existente aprovação de design da EASA.

"A Volocopter é agora a primeira e única empresa de decolagem e aterrissagem vertical elétrica que tem as aprovações de design e organização de produção necessárias para levar suas naves para lançamento comercial", afirmou, em comunicado.

A Volocopter espera começar o serviço regular do seu táxi aéreo urbano de dois lugares, que parece um grande drone, até a Olimpíada de 2024, em Paris. Também está desenvolvendo um drone parecido como elevador de carga.

Recentemente, a empresa arrecadou 237 milhões de dólares para financiar a sua busca pela certificação. Adversários bem financiados como Lilium e Joby anunciaram planos para listarem ações no mercado financeiro dos EUA.

(Por Douglas Busvine)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos