Startups chinesas de veículos elétricos buscam Nvidia na corrida para alcançar Tesla

·1 min de leitura

Por Joseph White e Stephen Nellis

SAN FRANCISCO (Reuters) - A fabricante de chips de alto desempenho Nvidia disse nesta terça-feira que fechou mais negócios com fabricantes de veículos elétricos chineses que desejam usar sua tecnologia para fornecer recursos que podem atrair clientes da Tesla.

O vice-presidente da Nvidia, Ali Kani, se apresentou no evento de tecnologia CES para listar vários fabricantes de veículos elétricos (EV) chineses que usarão a tecnologia Drive da Nvidia como parte do cérebro do computador de novos veículos, incluindo Polestar, Xpeng, NIO, IM Motors, Li Auto e R Auto.

A Nvidia disse que os fornecedores de automóveis e fabricantes contratados Desay, Flex, Quanta, Valeo e ZF também usarão sua plataforma Drive como base para sistemas de direção automatizada em veículos que eles projetam para marcas de EVs.

A Nvidia dissera antes que tem 8 bilhões de dólares em receita automotiva esperada para os próximos seis anos.

A Nvidia também está buscando crescimento no negócio emergente de caminhões automatizados e disse que o desenvolvedor de caminhões-robô TuSimple usará os chips da Nvidia para desenvolver caminhões semi-automáticos.

A Nvidia deve navegar pelas tensões EUA-China e pelas regulamentações chinesas que proíbem a exportação de dados gerados por veículos na China. A empresa usa parceiros chineses para garantir que os dados usados ​​para treinar a inteligência artificial em carros permaneçam na China, disse Danny Shapiro, vice-presidente da Nvidia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos