Stephen Hawking irá ao espaço em voo da Virgin Galactic graças a Richard Branson

Stephen Hawking sabe muito sobre o espaço – e agora anunciou que irá visitá-lo.

O físico e cosmólogo de 75 anos disse que não esperava ter a oportunidade de conhecer o espaço, mas Richard Branson, fundador do grupo Virgin, ofereceu a ele um assento na Virgin Galactic.

Em uma conversa sobre o significado da felicidade, no programa ‘Good Morning Britain’, ele disse: “Meus três filhos me trouxeram muita alegria”.

“E eu posso lhe dizer o que me faria feliz: viajar ao espaço”.

Stephen Hawking vai ao espaço num voo da Virgin Galactic (PA)

“Eu achei que ninguém me levaria, mas Richard Branson me ofereceu um assento na Virgin Galactic, e eu aceitei imediatamente”.

Hawking também compartilhou sua visão sobre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder do Partido Trabalhista do Reino Unido, Jeremy Corbyn, durante a entrevista – e ele não teve papas na língua.

O cientista – que anteriormente havia se referido a Trump como um “demagogo” – disse que ainda admira os Estados Unidos, mas teme que “pode não ser mais bem-vindo” no país.

Ele disse: “A reação à eleição de Donald Trump pode ter sido exagerada, mas ela definitivamente representa um giro para uma abordagem de direita, mais autoritária”.

“O dia a dia nos Estados Unidos continua muito parecido com o que era antes”.

“Tenho muitos amigos e colegas lá, ainda é um lugar que eu gosto. e admiro de muitas maneiras”.

Stephen Hawking anunciou seus planos no programa ‘Good Morning Britain’ (ITV)

“Eu gostaria de fazer uma nova visita e falar com outros cientistas, mas temo que possa não ser bem-vindo”.

Hawking também falou sobre Jeremy Corbyn: “Eu não acredito que há muitas chances de o Partido Trabalhista ganhar uma eleição com ele na liderança”.

“Ele não se mostra como um líder forte, e permitiu que a mídia o retratasse como um extremista de esquerda, algo que ele não é. Não adianta ter os princípios certos se você nunca chegar ao poder”.

Mas ele acrescentou: “Eu continuarei a votar no Partido Trabalhista, é o partido que importa”.

O apresentador Piers Morgan também questionou Hawking a respeito do Brexit (a saída do Reino Unido da União Europeia).

O cientista, que foi contra deixar o bloco, disse que se a decisão do referendo precisa ser implementada, “não deveria ser um Brexit difícil como a direita do Partido Conservador quer”.

Ele acrescentou: “Isso nos deixaria isolados e olhando para dentro. Em vez disso, devemos manter a maior quantidade possível de ligações com a Europa e com o resto do mundo, principalmente com a China”.

Hawking também alertou que deixar o bloco “ameaça o status do Reino Unido como líder mundial em ciência e inovação”.

Imagem principal: ITV

Andy Wells
Yahoo News UK