STF entra no TikTok de olho no potencial de alcance e viralização

·1 minuto de leitura
Objetivo do STF ao entrar no TikTok é divulgar informações de forma acessível e criativa (Reprodução)
Objetivo do STF ao entrar no TikTok é divulgar informações de forma acessível e criativa (Reprodução)
  • STF fez um perfil no TikTok

  • Corte quer fazer vídeos para divulgar informações de maneira acessível e criativa

  • Supremo já tem Twitter, Instagram, Facebook e um canal no YouTube

Plataforma usada por 1,9 bilhões de pessoas, o TikTok ganhou mais um usuário nesta terça-feira (13): o STF (Supremo Tribunal Federal). A Corte está de olho nos potenciais de alcance e viralização da rede social para divulgar informações de forma acessível e criativa sobre decisões e sobre o funcionamento do Judiciário, segundo nota divulgada à imprensa. As informações são da Exame.

Leia também:

Além disso, o STF quer "ampliar os canais de comunicação com a sociedade e aproximar novos públicos do dia a dia da Corte".

100% digital

O objetivo do ministro Luiz Fux, presidente do Supremo, é fazer com que a Corte seja 100% digital, segundo a nota divulgada. Presente no Twitter e no YouTube desde 2009, em 2020 o STF criou contas no Instagram e Facebook.

O último vídeo do TikTok fala sobre a oficialização da indicação de André Mendonça para o cargo de ministro do Supremo e explica como será o processo até o atual advogado-geral da União para assumir o cargo. 

@stfoficial

Conheça o caminho que André Mendonça deve percorrer para assumir o cargo de ministro do STF. ##politica ##politicabrasil

♬ Wrong Number - Official Sound Studio
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos