STF nega liberação de passaportes para Ronaldinho e Assis

(Foto: Reprodução Instagram)

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, negou habeas corpus a Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Roberto de Assis, para reverter a decisão do TJ-RS, que apreendeu o passaporte dos dois. As informações são do portal Poder 360.

Para Toffoli, o pedido não se enquadra nos quesitos de urgência estabelecidos no regimento interno da Corte. Ele encaminhou esse pedido para a ministra Rosa Weber, que deve analisá-lo em agosto.

Leia também:

Em 2015 Ronaldinho e Assis foram condenados por dano ambiental pela construção ilegal de uma plataforma de pesca na orla do rio Guaíba, em Porto Alegre, uma área de preservação ambiental permanente.

No ano passado, foi determinada a apreensão dos passaportes para pagar a multa, que já ultrapassa os R$ 8,5 milhões.

Siga o Yahoo Esportes: Twitter | Instagram | Facebook | Spotify | iTunes |