STF vive clima azedo entre ministros, junto aos ataques de Bolsonaro

Não bastassem os ataques de Jair Bolsonaro ao STF, o clima interno entre alguns ministros anda azedo.

Em junho: Em uma semana, Bolsonaro atacou três vezes o STF

André Mendonça não engoliu o fato de não ser o relator de todas as ações relativas a alíquotas estaduais do ICMS dos combustíveis. Por ter relatado outro processo deste assunto, julga-se o magistrado prevento deste tipo de ação. Mas outro processo chegou à Corte e foi distribuído para Gilmar Mendes.

Mendonça teve uma conversa com Gilmar e depois reclamou diretamente com Luiz Fux. O presidente do Supremo pediu que a queixa fosse formalizada por escrito. Assim foi feito.

Agora, Mendonça espera que o caso seja resolvido até a volta do recesso do Judiciário, em 2 de agosto.

Histórico: Gilmar não vai à posse André Mendonça no Supremo

'De modo algum': Gilmar nega veto a André Mendonça

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos