STJ autoriza transferência de Sérgio Cabral para Grupamento dos Bombeiros

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (Foto: Valter Campanato Arquivo/Agência Brasil)
O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (Foto: Valter Campanato Arquivo/Agência Brasil)
  • STJ autoriza transferência de Sérgio Cabral de Bangu para o Grupamento dos Bombeiros

  • Decisão é do desembargador Olindo Menezes

  • Nesta semana, ex-governador havia sido transferido da Unidade Prisional da Polícia Militar

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) autorizou nesta quinta-feira (5) que o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral seja transferido do presídio Bangu para o CBME-RJ (Grupamento Especial Prisional do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro).

Após a determinação do desembargador Olindo Menezes, convocado do STJ, Cabral terá de ficar no local até o julgamento do pedido de habeas corpus apresentado pela defesa ao TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro).

O magistrado considera imprudente a manutenção de Cabral na unidade. Segundo ele, está seguindo a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), que determinou a remoção do ex-governador do local.

Na terça (3), Cabral e outros cinco presos foram transferidos da Unidade Prisional da Polícia Militar, em Niterói, para o presídio em Bangu 1, no Complexo Penitenciário de Gericinó.

Isso aconteceu depois que a Vara de Execução Penal do Tribunal de Justiça estadual verificar que o grupo tinha regalias dentro do presídio da PM.

Em uma inspeção na unidade prisional, fiscais encontraram uma sacola com celulares, R$ 4 mil em espécie, cigarros de maconha e até notas fiscais de um banquete de comida árabe (com esfihas, kafta e lentilha no cardápio), de R$ 1,5 mil, pedido por um aplicativo de comida. As denúncias foram reveladas pelo Fantástico, da TV Globo, no domingo (1º).

Em nota, a defesa de Sérgio Cabral alegou que não foi encontrada qualquer irregularidade na cela dele e que nenhum dos objetos apreendidos nas áreas comuns foi relacionado ao ex-governador. Diz ainda que é desconhece objetos encontrados fora da galeria dos oficiais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos