STJD analisa gritos homofóbicos de torcedores do Botafogo em clássico com Fluminense e avalia denúncia

O vídeo que circulou nas redes sociais no último domingo, onde torcedores do Botafogo entoam cantos homofóbicos contra jogadores do Fluminense, no clássico disputado no Nilton Santos, serão analisados pela Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Os gritos de "time de veado" são facilmente percebidos e podem virar denúncia.

Bastidores do Fluminense: veja as últimas notícias e análises

Bola de Cristal: chances de título, queda e de vitórias do seu time no Brasileiro

Após a análise, a tendência é que a Procuradoria formalize a denúncia, que pode acarretar em multa para o alvinegro — o Flamengo foi punido em R$ 20 mil em situação semelhante no último Campeonato Carioca. Até o momento, o Botafogo não se pronunciou publicamente sobre o vídeo que circula nas redes sociais (veja abaixo).

Apesar do termo análise, a tendência é que a denúncia seja feita pelo órgão. A palavra é usada porque só poderá ser feita oficialmente após a súmula da partida ser divulgada. No entanto, a prova em vídeo já é suficiente para que a denúncia seja feita, mesmo que os gritos não sejam relatados no documento de jogo.

Veja o ranking: Os 30 maiores ídolos da história do Fluminense

Fluminense: os seis jogos que ajudam a entender a história

Ônibus apedrejado não será julgado

Já o ônibus do Fluminense, que foi apedrejado a caminho do Nilton Santos, não será julgado pelo STJD. Isso porque, por ter acontecido fora do estádio, não entra na alçada da Justiça Desportiva.

Minutos antes do Fluminense chegar ao Nilton Santos, palco do clássico contra o Botafogo, a delegação tricolor sofreu com os atos de violência que já viraram rotina no futebol brasileiro. Quando o ônibus da equipe chegava a Rua das Oficinas, que dá acesso ao setor norte do estádio, torcedores do Botafogo que se concentravam num bar arremessaram pedras e latas de cerveja nas janelas do veículo do Flu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos