Mesmo liberado para voltar a atuar pelo Vasco, Bruno Gomes não viaja com o time para enfrentar o Coritiba

·1 minuto de leitura

Expulso com apenas cinco minutos de jogo na última vez que entrou em campo pelo Vasco, contra o Goiás, pela oitava rodada da Série B, Bruno Gomes pegou apenas um jogo de suspensão em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), realizado nesta segunda. Como já havia cumprido a suspensão automática diante do Confiança, o jogador está liberado para voltar a ser relacionado. No entanto, mesmo com a liberação, o técnico Marcelo Cabo não relacionou o atleta para a partida contra o Coritiba, fora de casa, nesta terça.

A expulsão de Bruno Gomes contra o Goiás havia sido a segunda seguida do volante pelo Vasco, ambas ainda no primeiro tempo. Dois jogos antes, contra o Cruzeiro, no Mineirão, ele foi expulso após um desentendimento com Paulo, zagueiro adversário, com os dois sendo expulsos pelo árbitro do jogo. Nas duas partidas, o Vasco acabou sendo derrotado.

Mesmo liberado para atuar na última rodada (enquanto aguardava julgamento do tribunal), quando o cruzmaltino recebeu o Sampaio Corrêa em São Januário, o técnico Marcelo Cabo também optou por não relacionar o atleta para a partida. Nesta Série B, Bruno Gomes tem somente três partidas disputadas, mas já deu uma assistência, justamente em uma das partidas em que foi expulso, contra o Cruzeiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos