Suárez e mais 11: relembre jogadores que brilharam na Europa e voltaram aos clubes de formação

O bom filho à casa torna. Nesta semana, o Nacional, do Uruguai, anunciou o retorno de Luis Suárez, craque revelado nas categorias de base do clube e que se destacou no futebol europeu. O Pistolero deve fazer sua reestreia na próxima terça-feira, contra o Atlético-GO pela Copa Sul-Americana, em Montevidéu. Veja abaixo outros 11 jogadores que fizeram o mesmo caminho que o Luisito e voltaram para os clubes de formação neste século.

Futebol Internacional: Cristiano Ronaldo se manifesta sobre especulação de seu futuro

Pesquisa: O GLOBO/Ipec aponta as 26 maiores torcidas do Brasil; veja lista

No futebol brasileiro, os casos mais recentes foram de Willian, Taison e Douglas Costa. Esperava-se, pelo nível demonstrado na Europa, que esses jogadores fossem sobressair no Brasil, no entanto, nenhum dos três teve grande destaque até o momento. Douglas, inclusive, já deixou o Grêmio rumo ao Los Angeles Galaxy.

Os grandes craques também costumam retornar ao campeonato argentino. Como foram os casos de Carlitos Tévez, Diego Milito e Juan Sebastián “La Brujita” Verón, que regressaram ao Boca, Racing e Estudiantes, respectivamente. O último, posteriormente, tornou-se presidente do clube argentino.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos