Suárez tem nome especulado no Monza de Berlusconi

Luis Suárez pode chegar ao futebol italiano, mas volta ao Nacional, clube que o revelou, não está descartada. Foto: Paul Ellis/AFP via Getty Images
Luis Suárez pode chegar ao futebol italiano, mas volta ao Nacional, clube que o revelou, não está descartada. Foto: Paul Ellis/AFP via Getty Images

O futuro de Luis Suárez é uma das grandes incógnitas no mercado de transferências. O atacante uruguaio foi dispensado do Atlético de Madrid, descartou a chance de jogar no River após a eliminação do clube argentino da Copa Libertadores e agora tem um interessado inesperado: o Monza, time que pela primeira vez em 110 anos de história vai jogar na Série A italiana.

O diretor esportivo do clube que pertence ao magnata italiano Silvio Berlusconi desde 2018 é Adriano Galliani, que deixou a possibilidade em aberto quando consultado pela imprensa.

Leia também:

"Nenhum jogador disse não ao Monza até agora. Tenho memória curta, não confirmo nem nego", explicou o técnico, que também trabalhou no Rossonero.

Galliani argumentou que "muitos jogadores querem vir ao Monza de Berlusconi". E garantiu: "Um ou dois atacantes chegarão". Antes ele havia mencionado Edinson Cavani, outro uruguaio, livre após deixar o Manchester United.

Suárez, começou sua passagem no futebol europeu pelo Ajax da Holanda, vindo do Nacional de Montevidéu, clube onde foi revelado.

O presidente do clube uruguaio, José Fuentes, negou nesta que o clube tenha aberto negociações com Suárez, mas revelou que tem mantido conversa com o atacante.

"Negociação não existe. O que existe, é uma troca de mensagens em que eu mostro tudo o que significaria a volta dele para casa, onde há um campo com seu nome, a torcida o quer, uma equipe que poderia cuidar dele por três meses, para que chegue em forma à Copa do Mundo", disse o cartola à Agência Efe.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos