Submarino dos EUA acidentado chegou à ilha de Guam com 11 feridos

·1 minuto de leitura
O submarino "USS Connecticut" em sua partida da base naval de Kitsap-Bremerton no estado de Washington, em maio de 2021 (AFP/Lt. Mack Jamieson)

O submarino de propulsão nuclear americano que atingiu um objeto não identificado no Mar da China Meridional chegou nesta sexta-feira (8) à ilha de Guam, no Pacífico, com 11 feridos, segundo um funcionário americano.

Na quinta-feira, a Marinha dos Estados Unidos anunciou que o "USS Connecticut", um submarino de propulsão nuclear da classe Seawolf, "colidiu com um objeto quando estava submerso na tarde de 2 de outubro, enquanto operava em águas internacionais na região do Indo-Pacífico".

"Foi no Mar da China Meridional", disse um funcionário nesta sexta-feira, solicitando anonimato. "Onze pessoas ficaram feridas, duas com lesões moderadas, mas não houve lesões que representassem risco de vida".

O funcionário americano se recusou a dizer se o acidente ocorreu em águas profundas, citando preocupações de "segurança operacional" e afirmou que sua causa ainda não foi determinada.

Pequim reivindica quase todo o Mar da China Meridional e construiu postos militares em pequenas ilhas, enquanto os Estados Unidos e seus aliados patrulham com frequência as águas internacionais da região para fazerem valer seu direito à liberdade de navegação.

sl/rle/lm/aa/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos