Substância gelatinosa achada em praia britânica intriga cientistas; fotos

Uma misteriosa bolha branca de textura gelatinosa encontrada em uma praia da Cornualha, no Reino Unido, deixou os especialistas intrigados. O amontoado estranho e gorduroso na areia foi visto por uma turista, em 28 de outubro. Helen Marlow, de 50 anos, então acionou a Sociedade Britânica de Estudos da Vida Marinha, mas ainda não teve uma resposta definitiva sobre o que se trata.

— Eu estava passeando com meu cachorro pela praia quando vi um objeto branco incomumente grande na areia. Parecia ser uma substância branca e carnuda. Não tinha características definidas, como membros, mas parecia ser uma massa. Não consegui tocá-lo, mas tentei movê-lo com minha bota e, ao fazê-lo, balançou um pouco como uma geléia grande e gorda — disse Helen, ao "Daily Mail".

A mulher então procurou encontrar respostas, uma vez que não conseguiu reconhecer a bolha misteriosa ou compará-la com qualquer outra coisa que tinha visto antes. A substância tinha cerca de um metro e meio de diâmetro e cerca de 30 a 40 cm de espessura.

Helen compartilhou as fotos que fez no grupo de estudos marinhos no Facebook. E recebeu retornos sugestivos, mas não definitivos. Uma das respostas dizia que se tratava de placenta de baleia. Outros afirmaram que era um estômago ou intestinos. Houve até quem falasse que era um balão meteorológico.

Entrevistado pelo "Daily Mail", o gerente de projeto do Programa de Investigação de Cetáceos do Reino Unido, Rob Deaville, afirmou que é complicado fazer qualquer afirmação com base apenas nas imagens.

— Na minha opinião, parecem restos fragmentados de estômagos ou de um trato intestinal — sugeriu Deaville. — Talvez seja uma grande espécie de cetáceo, ou possivelmente um tubarão-frade; mas sei que o último talvez seja menos provável, dada a época do ano — acrescentou.