Sucesso na web: confira macetes e dicas para seu perfil bombar nas redes sociais

Uma foto bonita, um lugar conhecido, um vídeo mostrando um produto ou um serviço, aquela comidinha que dá fome... Essas são apenas algumas das publicações que vemos nas redes sociais diariamente, mesmo que não estejamos atrás delas. E como aparecem para nós? Pelos algoritmos das redes sociais, que atuam como robôs que identificam que publicações devem ser entregues para mais ou menos pessoas. Eles decidem como ranquear os resultados de um feed, a partir do grau de relevância daquele conteúdo para cada pessoa. E é nesse ponto que empreendedores que utilizam as redes para fazer negócios devem focar: como usar ferramentas que façam com que sua marca seja vista pelos milhares de usuários de Facebook, Instagram, TikTok, LinkedIn, Twitter e WhatsApp. O EXTRA consultou especialista e listou alguns macetes para dar um “up” nas publicações.

Atualmente, existem aproximadamente 4,7 bilhões de usuários ativos nas redes sociais no mundo todo. No Brasil, as pesquisas mostram que 58% da população do país acessam as redes sociais ao menos uma vez por mês. Outro dado interessante é que o país foi apontado como o segundo que mais passa tempo nas redes sociais. A média diária de uso das plataformas por usuário é de três horas e 43 minutos, o que deixa o Brasil atrás apenas da Filipinas, com uma média de quatro horas e 17 minutos. Por conta disso, estar em destaque nas redes sociais pode alavancar um negócio.

Segundo Camila Silveira (@camilacristianeoficial), especialista em criar estratégias para engajamento e empreendedorismo pelas redes sociais, esclarecer como fazer parte deste processo é o grande enigma dos empreendedores, já que o crescimento dos lucros por meio dessas ferramentas chegou a 38% em 2022.

— A expectativa é que até o fim do ano o crescimento de negócios em redes sociais deve passar de 60%, proporcionando uma alta até seis vezes maior do que os negócios que não fazem parte da rede — informa Camila, que listou dez dicas para quem quer impulsionar seu negócio.

Utilizar uma biografia (bio) é o primeiro passo para quem quer ampliar seu universo de seguidores. Crie palavras que não sejam corriqueiras. Elas podem atrair, também, a concorrência.

— Mantenha sempre publicação nos stories e, de preferência, com uma frequência intensa de até uma postagem por hora, que é a duração média da visualização em destaque aos seguidores antes de “desaparecer em meio à multidão” de milhares de posts por hora — acrescenta Camila Silveira.

Ela orienta o empreendedor a utilizar hashtags nas postagens, pois funcionam como placas direcionadas no meio do trânsito.

— Quando uma publicação é feita sem as hashtags, ela acaba não ampliando o seu alcance, fica direcionada apenas a seguidores. Elas servem também para identificar o produto ou o serviço — diz a especialista: — Usar a marcação da localização, variando os locais na hora da postagem no feed e nos stories pode fazer a publicação atingir diferentes regiões, ampliando muito mais a visibilidade e a abrangência de público, inclusive de outras regiões.

Seguir as marcas nas redes sociais é a ação de engajamento que as pessoas mais fazem em troca de incentivos como descontos, vales-presente, itens grátis e participação em sorteios. É o que aponta a pesquisa 2022 Premium Loyalty Data Study Clarus Commerce.

Essa foi a resposta para 42% do público, seguido por 26% que comentam nos posts da marca, 23% que compartilham um post da marca, e 22% que mencionam amigos nos comentários de alguma postagem.

Para manter seu público fiel, engajado e feliz, aqui estão algumas ideias: ofereça códigos promocionais para descontos por meio das redes sociais para seus seguidores; faça perguntas abertas que permitam que seu público responda e interaja constantemente; e distribua brindes para ações dentro das redes sociais.

Aproveite para publicar sobre um novo produto ou um evento. Isso vai deixar as pessoas empolgadas. Então, use esse espaço para divulgar diferentes tipos de notícias, como lançamentos de produtos e de serviços; atualizações dos produtos; e expansão no atendimento.


1. Possibilidade de vender por estes canais

Da mesma forma que é possível se relacionar com o público por meio das redes sociais, é também possível utilizá-las para vender seus produtos ou serviços, principalmente se abordar aquela audiência que já tem um relacionamento com a marca e já se mostra madura para a compra.

2. Ajuda a fidelizar clientes

O que poderia ser melhor do que construir fidelidade à marca? Os clientes seguem e interagem com as marcas de que gostam. É uma correlação direta óbvia: se os clientes seguem a marca, é mais provável que te escolham em relação à concorrência. Dar descontos, brides e interação, são ações que atraem clientes.

3. Identidade visual

A maioria das redes sociais conta com elementos comuns. Esteja pensando em uma ou em outra, consegue perceber que existem itens que formam a base de uma rede social.

Perfil público: seja de uma pessoa ou de uma marca, ele traz informações básicas sobre você, incluindo uma foto, uma pequena biografia e número de seguidores.

Amigos e seguidores: são as pessoas que você quer acompanhar e compartilhar conteúdo. Geralmente podem ver todas as postagens que fizer e interagir por meio de comentários e curtidas.

Curtidas, comentários e compartilhamentos: obter e dar feedback são elementos fundamentais das redes sociais. Para indicar que gostou de uma postagem, a maioria das redes tem algum tipo de botão de reação, uma área de comentários sobre ela e uma função de compartilhamento.

Hashtags: uma hashtag é uma palavra ou frase precedida pelo símbolo #, usada nos conteúdos compartilhados nas redes sociais para ajudar outras pessoas que possam estar interessadas nela a encontrá-la quando pesquisam pelo assunto ou pela própria hashtag específica.

4. Personalizar as mensagens para manter uma interação direta com o cliente

Nas redes sociais, é possível ter um relacionamento muito mais customizado e direto com cada cliente ou possível cliente, já que você pode entrar em contato com cada um, seja para resolver problemas ou descobrir novas informações.Uma forte estratégia de marketing nas redes sociais consegue gerar conversas sobre sua marca, produtos e parceiros que podem alavancar seus resultados.

Confira ainda: Veja manual para pequenos negócios venderem bem no 11.11 e na Black Friday

5. Possibilidade de segmentação do público

Ao fazer publicidade nas redes sociais, é possível segmentar seus posts de acordo com as características da audiência, direcionando seus esforços para aquelas parcelas do público que possuem mais afinidade com sua solução.Nessas redes, as pessoas compartilham seus gostos, desejos e outras informações que podem ser valiosas para as empresas na hora de se aproximarem do seu público-alvo. Fique atento ao que é relevante para sua audiência para conectar-se melhor a ela na hora de investir para ter seu conteúdo aparecendo para as pessoas certas.

6. Possibilidade de divulgação para empresas com baixo orçamento

Ao contrário dos meios tradicionais, anunciar nas redes sociais possui um custo mais baixo, além da vantagem de que na web é muito mais fácil mensurar os resultados.Lembrando que independentemente de quem é o seu público, ele vai estar em alguma rede social. Nesse caso, cada rede se torna um canal de comunicação orgânico, onde mesmo sem investir é possível atingir as pessoas certas.

7. Comunicação em tempo real

As redes sociais permitem comunicar mensagens de marca urgentes em um canal oficial. Isso é muito importante no caso de gestão de crise, por exemplo, em que é necessário que a marca se posicione rapidamente, evitando assim que o problema tome proporções maiores.Além disso, essa possibilidade de comunicação em tempo real permite que você olhe para tendências e compartilhe a mensagem certa na hora que seu público está interessado em consumi-la.

8. Ajuda a direcionar o tráfego para seu site

O marketing nas redes sociais pode ajudar a enviar clientes diretamente ao seu site. Os mecanismos de pesquisa são ótimos, mas esquecer de outros canais como as redes sociais significa que está perdendo muito tráfego em potencial.Um detalhe: para que seu perfil nas redes seja uma ótima opção para obter tráfego para seu site, é preciso considerar não apenas o que postar, mas também com que frequência.

9. Fornece meios para compartilhar notícias e atualizações da empresa

Da mesma forma que ajuda a acompanhar as notícias do setor, manter um perfil nas redes sociais é uma das melhores e mais fáceis maneiras de manter seus clientes atualizados com suas notícias.

Rede social: WhatsApp lança grupos com mais de mil participantes; no Brasil, novidade chega em 2023

10. Posiciona sua empresa como referência na área de atuação

Todas as empresas querem ser vistas como líderes. Você quer que as pessoas vejam seu conteúdo primeiro sempre que tiverem uma pergunta. Então, como se destacar da multidão de outros profissionais e negócios em seu setor? As redes sociais podem ajudar nisso.Se o seu público potencial é enorme, então o primeiro passo é restringir quem é seu público-alvo e, em seguida, criar conteúdo relacionado a eles. Cada rede social não apenas permite que você publique um ótimo conteúdo, mas abre caminhos para você se conectar e se envolver com seus seguidores.Depois de construir essa conexão com eles, é mais provável que voltem para você se tiverem alguma dúvida sobre seu setor.

WhatsApp

É a rede social de mensagens instantâneas mais popular entre os brasileiros. Ganhou até o “carinhoso” apelido de zap por parte da população. Número de usuários no Brasil: 165 milhões. Praticamente toda a população que tem um smartphone tem também o WhatsApp instalado.

Youtube

Principal rede social de vídeos on-line da atualidade, o Youtube tem mais de 500 milhões de vídeos visualizados diariamente. Seguidores no Brasil: 138 milhões. Como as pessoas acessam o YouTube para pesquisar assuntos que querem assistir, ela também é reconhecida como uma ferramenta de busca – a 2ª mais relevante na verdade, só atrás do Google.

Instagram

Foi uma das primeiras redes sociais exclusivas para acesso mobile. Usuários no Brasil: 119,5 milhões. Originalmente, era uma rede social de compartilhamento de fotos entre usuários, com a possibilidade de aplicação de filtros. Hoje ela se expandiu e é vista como a principal rede para geração de negócios.

Facebook

É de longe a rede social mais popular do planeta. No Brasil são 116 milhões de usuários. Muitos consideram que foi a rede que ajudou a acelerar a popularização do uso das redes sociais. Para microempresas, é praticamente impossível não contar com o Facebook como aliado em uma estratégia de anúncios nas redes sociais.

TikTok

É uma plataforma de mídia social de compartilhamento de vídeos vista de forma mais ampla. Na prática, é um espaço que mistura música, vídeos, conteúdo de comédia e de microblog. Usuários no Brasil: 74 milhões.

Crédito: Consignado do Auxílio Brasil: Caixa suspende novos empréstimos até o dia 14, após liberar R$ 5,5 bilhões

LinkedIn

Com 52 milhões de perfis no Brasil, o LinkedIn é a maior rede social corporativa do mundo. O foco da plataforma são contatos profissionais. Ou seja, em vez de amigos, conexões; no lugar de páginas, empresas, que fazem recrutamento pela plataforma.

Twitter

Hoje o microblog, que tem 19 milhões de usuários no Brasil, é utilizado principalmente como uma segunda tela pelo público, já que os usuários comentam e debatem o que estão assistindo na TV, postando comentários sobre noticiários, reality shows, jogos de futebol e outros programas. Além disso, os tópicos que aparecem nos trending topics ainda ditam várias discussões e pautam inclusive telejornais.