Após engolir presa, sucuri de 6 metros é flagrada boiando em rio no Mato Grosso do Sul

·1 min de leitura
Sucuri de 6 metros é flagrada boiando em rio no Mato Grosso do Sul - Foto: Reprodução
Sucuri de 6 metros é flagrada boiando em rio no Mato Grosso do Sul - Foto: Reprodução

Na tarde da última segunda-feira (27), no rio Aquidauana, entre Dois Irmãos do Buriti e o distrito de Piraputanga, em Mato Grosso do Sul, uma sucuri de aproximadamente 6 metros de comprimento foi flagrada boiando após engolir uma presa. A cena foi flagrada no sul-mato-grossense, por um grupo de canoístas.

Pelas imagens é possível identificar uma parte da cabeça do animal dentro da água e o restante boiando na superfície.

Morador na região, um pescador relatou ao site O Pantaneiro, que estava indo resgatar um boi próximo ao rio, quando avistou a cobra pela primeira vez.

Seja no Pantanal de Mato Grosso do Sul ou nas águas cristalinas de Bonito (MS), a 297 km de Campo Grande, as sucuris são vistas com frequência no rio dos estados. O período mais propício para a aparição das serpentes é o fim do outono e começo do inverno, quando as sucuris saem da água em busca de sol.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos