Sudão acusa forças da Etiópia de cruzarem a fronteira e acirrarem tensões

·1 minuto de leitura

KHARTOUM (Reuters) - Forças da Etiópia cruzaram a fronteira para o território sudanês, em um ato de “agressão”, afirmou o Ministério das Relações Exteriores do Sudão, em um comunicado neste domingo.

“A invasão da Etiópia ao território sudanês é uma escalada infeliz e inaceitável, que pode ter repercussões perigosas à segurança e à estabilidade da região”, afirmou o Ministério das Relações Exteriores do Sudão, no comunicado.

Autoridades do Ministério de Relações Exteriores da Etiópia não foram imediatamente encontradas para comentários.

Conflitos eclodiram ano passado entre forças do Sudão e da Etiópia por Al-Fashqa, uma área organizada por agricultores etíopes que fica no lado sudanês de uma fronteira demarcada no começo do século 20.

Mês passado, o Sudão alegou que aviões etíopes haviam cruzado a fronteira, o que a Etiópia nega.

(Reportagem de Nayera Abdallah e Khalid Abdelaziz, Escrito por Nafisa Eltahir; Edição de Emelia Sithole-Matarise)