Superlarvas para o jantar!

Um empresário kuwaitiano tem uma alternativa para o consumo de proteína entre humanos: superlarvas criadas em cativeiro. A proposta de base alimentar já foi aprovada, em maio deste ano, por 27 países da União Europeia.