Superlua de Morango poderá ser vista no Brasil nesta terça-feira

Superlua de Morango poderá ser vista de todos os cantos Brasil nesta terça-feira (Foto: WF Sihardian/NurPhoto via Getty Images)
Superlua de Morango poderá ser vista de todos os cantos Brasil nesta terça-feira (Foto: WF Sihardian/NurPhoto via Getty Images)
  • A Lua estará maior e mais brilhante na noite de hoje;

  • O evento é conhecido como SuperLua de Morango por coincidir com a primeira Lua Cheia de Junho;

  • O evento começa por volta das 18h de hoje e vai até 6h do dia 15.

Brasileiros de todos os cantos do país vão poder observar uma Lua maior e mais brilhante na noite desta terça-feira (14). Isso porque ela estará sob os efeitos do fenômeno conhecido como Superlua, que acontece quando a Lua Cheia ou a Lua Nova coincidem com o momento em que o astro está mais próximo da Terra, chamado de perigeu.

Por se tratar da primeira Lua Cheia de junho, o evento de hoje é conhecido, especificamente, como Superlua de Morango. Apesar do nome dar a impressão de que o astro está maior, o que muda, na verdade, é apenas a percepção do tamanho no olhar humano.

A astrofísica Beatriz Garcia, pesquisadora do Conselho Nacional de Pesquisas Científicas e Técnicas da Argentina (Conicet), explicou porque o nome do fenômeno está associado à palavra morango.

“O nome está ligado à agricultura do Hemisfério Norte, atribuída à época do ano em que povos antigos que viviam onde hoje são os Estados Unidos e o Canadá viam os morangos florescerem”

Já o astrônomo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Daniel Mello dá uma dica para observar o evento.

“O evento é visível em todo Brasil, começa por volta das 18h e vai até 6h do dia 15. São praticamente 12 horas de observação. A meu ver, o melhor momento para observar é quando ela está surgindo. Se olhar para Leste por volta das 18h, vai ver ela bem baixa no horizonte, ganhando uma visão de que é muito maior do que ela é”, afirma o pesquisador.

3 Dicas para fotografar a Lua com iPhone

1. Use o modo Noite

Os modelos mais recentes do iPhone contam com o recurso do modo Noite, que detecta pouca luz no ambiente antes de tirar uma foto e aumenta a exposição da imagem para aprimorar a sua iluminação e destacar cores e as sombras do cenário. Isso também é bastante válido para fotos da Lua, já que a intenção é dar mais clareza para a foto do satélite.

2. Mantenha o iPhone estabilizado

Uma das maiores dificuldades para fotografar a Lua é manter a mão totalmente parada, sem tremer. Como essa é uma tarefa difícil para muitas pessoas, a melhor forma de contornar a situação é utilizar um suporte que possa estabilizar o aparelho e evitar que ele se mova.

Para isso, você pode comprar um tripé ou posicioná-lo em uma superfície plana, que te possibilite a tocar no obturador sem deslocar o iPhone. Assim, a câmera terá uma excelente definição da imagem registrada.

3. Use o Zoom com moderação

O Zoom é uma ferramenta muito conhecida por pessoas que utilizam câmeras digitais, seja os modelos profissionais ou em smartphones. No entanto, apesar de ser uma boa forma de aproximar objetos, perde-se a qualidade da imagem no registro.

Então, se você quer tirar a melhor foto possível da Lua, mesmo com a câmera grande-angular do iPhone, atente-se quando estiver ampliando o zoom da imagem para não distorcê-la.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos