Supremo Tribunal da Espanha discute se é legal pagar dívida com sexo oral

O Tribunal Constitucional da Espanha se deparou com um caso diferente em suas mãos neste último mês de dezembro. A decisão, no entanto, só veio a público nesta segunda-feira, através de jornais locais. O caso começa assim: Uma mulher contraiu uma dívida de 15 mil euros, ou R$ 96.310,50, com seu ex-cunhado. Após negociações, os dois concordaram que a dívida seria paga ao longo dos meses através de atos de sexo oral.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos