Surfista é resgatado em cesto por helicóptero dos bombeiros em Santa Catarina

PORTO ALEGRE, RS (FOLHAPRESS) - Um surfista de 55 anos precisou ser resgatado de helicóptero pelo Batalhão de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina na tarde de domingo (18), na Praia do Morro das Pedras, em Florianópolis.

O homem ficou quatro horas à deriva antes de ser içado com uma técnica chamada de "puçá" --nome também de um instrumento semelhante a um cesto utilizado usualmente para captura de siris.

A aeronave Arcanjo-05, do Corpo de Bombeiros, foi acionada por volta das 15h20. Conforme os bombeiros, as condições do mar estavam adversas, com mar revolto e ondas de até 2 metros, o que fez com que o homem fracassasse nas tentativas de sair do mar por conta própria.

Conforme os bombeiros, uma pessoa avistou o surfista distante da praia e entrou em contato com o serviço de resgate pensando se tratar de um praticante de kitesurfe que havia perdido sua pipa e estava à deriva. Porém, o surfista estava à deriva por exaustão.

Após a localização da vítima, um bombeiro conseguiu ir até o homem em alto-mar e os dois foram içados com a ajuda do cesto até a orla. Após o atendimento pela equipe da aeronave, o homem foi liberado.

A Praia do Morro das Pedras é vizinha da Praia do Campeche, com características semelhantes, porém menos movimentada, o que faz com que ela seja bastante visada por surfistas. O mar tem como característica ondulação constante, com ondas entre médias e grandes.