Surfista australiana e brasileiro Filipe Toledo levam títulos do Rip Curl Pro Bells Beach

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Lincoln Feast

(Reuters) - A australiana bicampeã mundial Tyler Wright não deu chances à líder da classificação Carissa Moore, do Havaí, e venceu o Rip Curl Pro Bells Beach neste domingo, encerrando uma semana dominante no circuito e ouvindo tocar os sinos característicos da prova.

No masculino, o brasileiro Filipe Toledo ficou com o título, fazendo uma série de aéreos e manobras difíceis para superar o novato australiano Callum Robson.

Wright teve um início ótimo contra a atual campeã olímpica e mundial com uma nota de 8,93 em uma série cheia de manobras difíceis. Em seguida, ela teve outra pontuação excelente que Moore não chegou perto de igualar.

"Muitas vezes eu quis desistir de voltar a esse tipo de nível. Isso exigiu tudo de mim e agora eu realmente sinto isso", disse Wright, que está voltando após dois anos de lesões.

Toledo, que comemorou seu aniversário de 27 anos no sábado, venceu seu primeiro evento Bell's e assumiu a liderança do ranking da turnê em 2022.

"Sempre foi um sonho vencer este evento - tanta história, tantos nomes especiais nestas escadas", disse Toledo.

(Tradução Redação Brasília, 55 11 5047-2695)); REUTERS BC)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos