Surto de Covid-19 em cruzeiro impede passageiros de desembarcar em Salvador

·1 min de leitura

Um surto de Covid-19 dentro do navio Costa Diadema, que está no Porto de Salvador, impediu passageiros de desembarcarem na capital baiana nesta quinta-feira. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), nas últimas 24h, foram confirmados 68 casos de Covid-19, sendo 56 entre tripulantes e 12 entre passageiros.

Por causa dos diagnósticos positivos, a Anvisa não autorizou a operação da embarcação, com isso, está proibido o embarque e desembarque de passageiros, até que seja finalizada a investigação do surto de Covid-19, que está em andamento.

A embarcação saiu do porto de Santos, na última segunda-feira, e teria como próxima parada o porto Ilhéus, onde o cruzeiro faria a noite de Réveillon.

Há 3.836 pessoas embarcadas, sendo 1.320 tripulantes e 2.516 passageiros. Os casos da Covid-19 foram detectados após protocolo de testagem estabelecido pela Anvisa. A embarcação segue no porto de Salvador sob supervisão sanitária da Anvisa.

O navio aportou em Salvador às 8h desta quinta. Em nota, a Secretaria Municipal da Saúde informou que acompanha a situação de casos da Covid-19 no navio atracado no porto de Salvador. Equipes da Vigilância Sanitária, em conjunto com o Estado, bloquearam o desembarque dos passageiros e têm adotado medidas de segurança de acordo com os protocolos sanitários.

* Com informações do G1

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos