Surto de influenza: Doria anuncia doação de 400 mil doses da vacina contra a gripe para a cidade do Rio

·2 min de leitura

RIO — O governador de São Paulo, João Doria, anunciou por meio de seu perfil no Twitter a doação de 400 mil doses de vacina contra a gripe para a cidade do Rio de Janeiro. Na curta mensagem, ele diz que o repasse será feito ainda essa semana. O município vive um surto de influenza, o que levou a prefeitura a ampliar a vacinação para toda a população, a partir dos 6 meses de idade. O prefeito Eduardo Paes agradeceu pela remessa a ser recebida.

"Governo de SP, através do Instituto Butantan, vai doar essa semana 400 mil doses da vacina contra Gripe p/ cidade do Rio de Janeiro. O esforço tem objetivo de amenizar o surto da doença que atinge a população carioca. #JuntosPelaSaúde

@eduardopaes", escreveu Doria no início desta tarde.

Paes respondeu:

"Obrigado governador @jdoriajr. De pai da vacina da covid agora te nomeio (aqui no Rio eu posso) pai da vacina da Influenza. Os cariocas agradecem."

Ontem, a Secretaria de Estado de Saúde confirmou que o Ministério da Saúde enviaria 160 mil doses da vacina contra a gripe nesta quarta-feira, a serem distribuídas entre os municípios fluminenses. Dessas, 100 mil seriam repassadas para a capital.

Segundo a pasta federal, tem sido necessário remanejar doses do imunizante de outros estados para atendimento da demanda do Rio.

O secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz, afirmou que pediu ao ministério mais doses, mas só recebeu uma parte até então. O surto de influenza causa uma corrida aos postos. Em apenas um dia, mais de 67 mil pessoas foram vacinadas. O estoque da cidade está zerado, segundo o secretário.

— (Hoje) São 14 pessoas internadas com influenza A (na cidade). Há três semanas pedimos 400 mil doses da vacina para o Ministério da Saúde. Eles enviaram 200 mil doses da vacina, remanejadas do Espírito Santo, para o estado do Rio. A Secretaria estadual de Saúde repassou para o estado 160 mil doses — disse Soranz durante a inauguração de um novo polo de saúde nesta quarta-feira, que completou: — Esperamos o restante da solicitação para conter o surto de H3N2.

De acordo com o secretário, "o Ministério da Saúde ainda não deu um posicionamento sobre quando essas vacinas chegam".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos