Susana Vieira quer encontrar um novo amor, mas nada de 'homem novo': 'Quero falar sobre a vida'

Susana Vieira não se sente com 80 anos. E não gosta de pensar sobre isso porque se assusta. Por isso, sem querer se prender aos estigmas que a idade carrega procura viver o máximo de experiências diferentes para se sentir viva. Da sua temporada em Portugal recentemente, por exemplo, voltou encantadinha por um português. Mas ficou mesmo só nos limites de um affair quase platônico.

"Voltei felícissima e ainda voltei apaixonada por um português. Não deu em nada porque ele trabalha la, foi uma coisa de encantamento. Mas foi bom porque eu vi que eu não estou morta, ainda tenho interesse", disse a atriz à "Caras".

E são situações assim, com a libido despertada, que a faz ter certeza que ainda encontrará um novo amor.

"Tenho esperança não, tenho certeza. Acho que eu não perdi o encantamento da vida. Então, tudo pode acontecer".

A artista já sabe até o perfil de homem que está buscando. Dessa vez, nada de novinhos.

"Eu sinto falta de uma companhia para ir ao cinema. Mas eu estou tão feliz sozinha na minha casa também. Eu não sei o que eu quero (risos). A verdade é que ainda estou viva. Então, o coração pode bater por um trabalho novo, um homem novo... Homem novo, não. Um novo homem. Porque agora homem novo eu não quero nem pensar! Eu quero também conversar sobre a vida".