Suspeita de bomba na Áustria era vibrador

(Arquivo) Vista da Wiener Konzerthaus

Uma mala que "vibrava de forma suspeita" provocou um susto em uma renomada sala de concertos de Viena, mas a polícia informou que a situação se acalmou rapidamente com a descoberta de que se tratava de um brinquedo sexual.

Uma funcionária do guarda-volume disparou o alarme ao notar que uma mala estava vibrando durante um concerto na terça-feira à noite, informou a polícia de Viena em um comunicado publicado nesta quarta-feira.

Um especialista em explosivos foi destacado para inspecionar a mala com um equipamento de raio-x, que descobriu que um vibrador ligado era responsável pela "movimentação suspeita".

A mala foi devolvida a sua dona e seu companheiro e os oficiais "lhes desejaram uma noite agradável", de acordo com o comunicado.

Segundo o jornal Kurier, este incidente não atrapalhou a audiência do concerto da orquestra sinfônica de Viena, passando desapercebido, e sua performance na venerada Wiener Konzerthaus continuou sem contratempos.