Suspeito é baleado em troca de tiros após roubo nos Jardins, em SP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um suspeito de roubo a uma residência nos Jardins, região de classe média alta na zona oeste de São Paulo, foi baleado após trocas de tiros com a Polícia Militar, na tarde desta quinta-feira (10).

De acordo com a PM, o homem suspeito foi levado para Hospital Municipal Doutor Arthur Ribeiro de Saboya, no Jabaquara, zona sul. Seu estado não foi informado.

Segundo a polícia, três pessoas em um Chevolet Cruize branco entraram no imóvel, abrindo o portão com controle remoto, possivelmente clonado.

Quatro pessoas foram feitas reféns. Um cofre, um notebook e celulares teriam sido roubados, segundo policiais ouvidos pela reportagem. A polícia não informou se os bandidos levaram dinheiro.

Enquanto o trio ainda estava dentro da casa, uma das vítimas conseguiu sair e foi até uma base da PM próxima à residência. Policiais estavam na frente ao imóvel quando o Cruzie blindado saiu.

Na fuga, o veículo se envolveu em um acidente na região do Ibirapuera, na zona sul, onde houve troca de tiros. Os disparos foram ouvidos por alunos e professores de uma escola na alameda dos Jaúnas, em frente onde o carro parou.

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram barulho dos tiros e crianças se abaixando ao chão assustadas. Houve perseguição e o policiamento foi intensificado na região.

Apesar de apenas três pessoas terem entrado no imóvel nos Jardins, a suspeita é que ao menos oito pessoas tenham participado de toda a ação.

Ainda de acordo com a PM, parte da quadrilha fugiu a pé e outros suspeitos roubaram dois carros, um Honda Fit preto e um Chevrolet Cobalt branco.

Uma das equipes localizou o Honda, cujos ocupantes não obedeceram a ordem de parada dos policiais.

"Durante acompanhamento, na avenida Professor Ascendino Reis, em Moema, os suspeitos efetuaram disparos de arma de fogo e os policiais revidaram", afirmou a Secretaria da Segurança Pública. A troca de tiros ocorreu a cerca de 5 km do local do assalto.

Um dos suspeitos tentou fugir a pé e foi baleado. Ele foi socorrido pelo resgate.

Em entrevista ao programa "Brasil Urgente", da Band, o delegado Fábio Pinheiro Lopes, diretor do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), disse que esse teria sido ao menos o quarto assalto a residências realizado pela quadrilha em três semanas.

O carro blindado usado no assalto já havia sido utilizado em outro roubo, de acordo com o delegado.

Um dos veículos roubados na ação, o Colbalt, foi encontrado próximo à favela Alba, na zona sul, onde se concentraram buscas dos outros sete suspeitos no fim da tarde e no começo da noite. Helicópteros das polícias Civil e Militar ajudam nas buscas.

O Deic vai investigar o caso, que seria registrado no 78º Distrito Policial (Jardins).