Polícia americana descarta terrorismo em incidente no Capitólio

Polícia interdita o local do incidente

A polícia americana descartou que a tentativa de uma motorista atropelar agentes perto do Capitólio, em Washington, após se chocar com um veículo policial, nesta quarta-feira, tenha se tratado de um ato terrorista.

"Este ato parece ser de natureza criminal, sem vínculos com o terrorismo, e por isso o Capitólio permanece aberto ao público", disse Eva Malecki, porta-voz da polícia nesta jurisdição.

A motorista do veículo demonstrou um comportamento "estranho e agressivo" e foram disparados alguns tiros durante a detenção, embora sem deixar feridos, detalhou.

O incidente aconteceu na Independence Avenue, que cerca o perímetro do Capitólio e um grande anexo onde os congressistas têm seus gabinetes. Todas as dependências estão abertas.

A polícia do Capitólio é uma entidade diferente da polícia metropolitana de Washington, e protege a sede do Congresso e seus arredores.

Este incidente acontece uma semana depois que um homem atropelou mortalmente três pessoas e esfaqueou até a morte um policial perto do Parlamento de Londres.