Suspeito de atropelar e matar ciclista se apresenta à polícia

ALFREDO HENRIQUE
·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O suspeito de atropelar e matar a ciclista Marina Kohler Harkot, 28 anos, se apresentou ao 14º DP (Pinheiros), por volta das 15h30 desta terça-feira (10), para prestar esclarecimentos. O motorista, de 33 anos, está acompanhado do advogado de defesa, segundo a polícia. Ambos permaneciam dentro do distrito policial até a publicação desta reportagem. A polícia também investiga uma mulher que foi vista junto com o motorista, que era procurado desde o acidente, ocorrido no início da madrugada de domingo (8), quando a vítima pedalava pela avenida Paulo 6º, em Pinheiros (zona oeste da capital paulista). Investigadores do 14º DP (Pinheiros) encontraram o carro do suspeito, no fim da noite desta segunda-feira (9), em um estacionamento na região da Consolação (centro). Após checar os dados do veículo, os policiais descobriram que o motorista mora em um prédio ao lado. Ainda no estacionamento, os investigadores encontraram o Hyundai estacionado com a dianteira direcionada à parede, "provavelmente numa tentativa de esconder as avarias ocasionadas durante o atropelamento", diz trecho do boletim de ocorrência. O vidro dianteiro do carro está trincado na lateral direita. Cerca de meia hora após o acidente, segundo um policial que acompanha o caso, a câmera de monitoramento do elevador do prédio onde o suspeito mora, registrou ele e a mulher, ainda não identificada, conversando enquanto seguiam para o apartamento do motorista. Após aproximadamente dez minutos, ambos aparecem novamente nas imagens, agora descendo. A polícia também procura pela mulher, para que ela preste esclarecimentos sobre o caso. O apartamento do motorista foi encontrado pelos investigadores com a porta entreaberta e com sinais de arrombamento. Uma policial militar de folga estava pelo local e viu o atropelamento. Ela conseguiu anotar a placa do carro e prestou os primeiros atendimentos à vítima. Chamado, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) socorreu a ciclista, que morreu ainda no local.