Suspeito confessa a morte de Dom Philips e Bruno Pereira

Um suspeito, conhecido como "Pelado", confirmou ter matado o jornalista Dom Philips e o ativista Bruno Pereira, desaparecidos na Amazónia há 11 dias

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos