Suspeito de assassinar jogador morre em troca de tiros com a PM

A vítima, Douglas Alves, de 26 anos, era jogador do Guarani de Boa Vista, clube de futebol de Roraima. (Foto: Italo Lopes/Arquivo pessoal)
A vítima, Douglas Alves, de 26 anos, era jogador do Guarani de Boa Vista, clube de futebol de Roraima. (Foto: Italo Lopes/Arquivo pessoal)

Ítalo Rodrigo Sousa Cipriano, de 23 anos, suspeito de ser o assassino do jogador de futebol Francisco Douglas Soares Alves, morreu após troca de tiros com a polícia. O confronto aconteceu no último sábado (7) em Iracema, no Sul de Roraima, horas depois do assassinato de Douglas.

A PM (Polícia Militar) informou que após localizar o suspeito do crime no município de Iracema, um cerco policial por viaturas foi feito. E, no momento em que viu os policiais, Ítalo fugiu pulando muros de residências próximas e fez disparos com arma de fogo contra os agentes da PM e da Polícia Civil.

Segundo a PM, as equipes policiais revidaram os disparos e o suspeito chegou a ser atingido, mas seguiu tentando escapar, e se escondeu em uma residência, no Centro de Iracema. O suspeito resistiu ao pedido dos policiais para que ele largasse a arma que portava, e fez novos disparos.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, foi após novos disparos que os policiais atiraram contra o suspeito, que foi ferido e caiu no local.

Ítalo chegou a ser encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Com ele foi apreendido um revólver calibre 38 com seis munições, sendo cinco deflagradas e uma intacta.

O suspeito possui passagem pelo sistema prisional pela prática do crime de tráfico de drogas. Atualmente, estava com alvará de soltura expedido em agosto do ano passado. Além disso, ele também era integrante de uma facção criminosa.

O caso foi apresentado, com um Auto de Resistência à Prisão, na Delegacia da Polícia Civil em Iracema para as devidas providências.

Entenda o caso

O jogador de futebol conhecido por Douglas Alves, de 26 anos, foi assassinado a tiros após uma discussão em um bar, no município de Iracema, na madrugada de sábado.

O proprietário do estabelecimento informou a Polícia Militar (PMRR) que houve uma discussão entre dois homens, e em certo momento, um deles puxou a camisa do outro e o levou para perto de um veículo. Ao se aproximar do carro, a vítima, que estava sendo puxada pela camisa, empurrou seu desafeto. Logo em seguida, foi efetuado o disparo de arma de fogo.

A vítima tentou reagir, mas caiu e permaneceu no chão. O suspeito entrou no veículo e saiu do local em alta velocidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos