Suspeito de assassinar médico na frente da família é preso após cometer outro crime

·2 minuto de leitura
Rodolfo foi assassinado em julho, após almoço com família - Foto: Reprodução/Instagram
Rodolfo foi assassinado em julho, após almoço com família - Foto: Reprodução/Instagram
  • Polícia prendeu em flagrante um criminoso após assalto no Guarujá

  • Na delegacia, ele foi identificado como o suspeito de assassinar um médico em julho

  • Rodolfo Castro foi morto na frente da família durante assalto em Guarujá

Suspeito de assassinar um médico na frente da família em Guarujá, no litoral de São Paulo, um jovem de 21 anos foi preso em flagrante na noite da última quarta-feira (8), após cometer outro crime na cidade.

De acordo com informações do G1, o rapaz, que não teve a identidade revelada, foi detido depois de participar de um assalto com um comparsa no bairro da Enseada.

Leia também

A polícia presenciou o crime e deu início a uma perseguição, que adentrou a comunidade local do Areião. O jovem chocou sua motocicleta contra um caminhão, ainda tentou fugir a pé, mas foi pego. O comparsa conseguiu escapar.

Ao ser levado para a delegacia, o rapaz foi reconhecido como um dos suspeitos do assassinato de Rodolfo Enrique Postigo Castro, de 60 anos, em julho.

Suspeito foi preso após chocar sua moto contra um caminhão - Foto: Divulgação
Suspeito foi preso após chocar sua moto contra um caminhão - Foto: Divulgação

Além de um mandado de prisão temporária pela morte do médico, o criminoso tinha outro de prisão preventiva por uma troca de tiros com a Polícia Militar. Agora, responderá também por roubo.

Relembre o crime

Rodolfo foi morto no dia 31 de julho no píer da Praia do Perequê. Moradores de Tatuí, no interior do estado, ele e a família visitavam a praia e haviam acabado de almoçar em um restaurante nas proximidades quando foram abordados por dois assaltantes.

O médico e os familiares entregaram os pertences, mas, durante a ação, um dos criminosos disparou duas vezes na direção das vítimas. Um dos tiros atingiu o peito de Rodolfo. Ele chegou a ser levado a um pronto-socorro, mas chegou já sem vida.

Um dos assaltantes, menor de idade, foi preso na semana seguinte. Inicialmente, acreditava-se que ele havia sido o responsável pelo disparo que matou Rodolfo, mas, após investigação, concluiu-se que o tiro foi dado pelo jovem detido nesta quarta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos