Suspeito de forjar o próprio sequestro é preso em Teresina após tentar extorsão

·1 min de leitura
O Greco achou o homem escondido na capital piauiense, com um celular novo e mais R$ 160. Foto: Getty Images.
O Greco achou o homem escondido na capital piauiense, com um celular novo e mais R$ 160. Foto: Getty Images.
  • Um homem de 32 anos, de nome não informado, planejou o próprio sequestro;

  • A Polícia Civil do Piauí encontrou o suspeito escondido em um kitnet;

  • O motivo do forjamento seriam as altas dívidas que o indivíduo, de Fortaleza, teria com o chefe.

Algumas histórias parecem pertencer a um roteiro de cinema ou de série de TV. Em Teresina, capital do Piauí, um homem de 32 anos, que não teve nome divulgado pela polícia, foi detido após ser considerado suspeito por apropriação indébita e extorsão, pois teria forjado o próprio sequestro para extorquir o chefe.

Leia também:

De acordo com o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), da Polícia Civil do estado, o acusado foi achado em uma kitnet, no bairro de Lourival Parente. O suspeito estava desaparecido desde o dia 25 de outubro, após sair para realizar uma entrega com um carro da empresa que trabalhava. Foi quando sumiu com o automóvel e mais R$ 5 mil do negócio.

Com o registro do boletim de ocorrências efetuado pelo esposa, as investigações iniciaram. Dessa forma, após algumas buscas, a polícia achou o carro abandonado no município de Quixadá, no estado do Ceará. Como efeito, os agentes também descobriram que o suspeito havia comprado passagem para voltar a Fortaleza, com o intuito de, posteriormente, ir para Teresina.

Foi então que o Greco achou o homem escondido na capital piauiense, dotado de um celular novo e mais R$ 160.

De acordo com nota da Polícia Civil do Ceará, o homem confessou que planeja ir para São Paulo, e que havia forjado o sequestro por causa das dificuldades financeiras.

As informações são do portal G1.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos