Suspeito de matar ex-namorada e a filha dela tem passagens por homicídio

(Foto: Getty Images)
(Foto: Getty Images)

Um homem de 44 anos é suspeito de matar uma mulher de 36 anos e a filha dela, de 12 anos, dentro de casa no Bairro Padre Eustáquio, em Divinópolis (MG), na madrugada desta segunda-feira (30). A informação é do portal g1.

De acordo a Polícia Militar (PM), o suspeito do crime tem passagens anteriores por homicídio. Até o momento, ele não foi localizado.

Outro adolescente, de 15 anos, filho da vítima, ficou ferido e foi encaminhado para o Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJD).

A PM informou que o ex-namorado da mulher invadiu a casa onde estava a mãe, os filhos de 12 e 15 anos, além de duas crianças de 3 e 5 anos. Ele golpeou a mulher e os adolescentes com uma faca, em seguida ateou fogo na casa e fugiu. As crianças não ficaram feridas.

Segundo o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) a Central de Regulação recebeu chamado às 3h36 para apoio ao Corpo de Bombeiros, no atendimento de agressão física/ferimento de arma branca (faca) seguido de incêndio, na Rua Buenos Aires, no Bairro Padre Eustáquio.

Ainda de acordo com a equipe da Unidade de Suporte Básico (USB), ao chegar no local, averiguou que havia cinco vítimas e solicitou apoio de outra USB. Uma adolescente de 12 anos já estava em óbito.

As crianças de 3 e 5 anos, que estavam conscientes e aparentemente estáveis. Foram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

O adolescente de 15 anos estava consciente, com ferimentos leves, porém com necessidade de pontos no lado direito da barriga e dois no braço esquerdo. O nome dele não foi informado.

Já a mulher estava com rebaixamento do nível de consciência, com vários ferimentos pelo corpo e com queimaduras em mais de 50% do corpo. Ambos foram encaminhados para o Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJ), porém a mulher não resistiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos