Suspeito de matar jovem de 14 anos foi ao enterro da vítima, diz delegado

Jovem de 14 anos foi morta a facadas no Sul catarinense - Foto: Reprodução

Um homem de 30 anos suspeito de matar Brenda da Rocha Carvalho, 14 anos, chegou a participar do velório da vítima, de acordo com Lucas da Rosa, delegado responsável pelo caso, que aconteceu em Passo de Torres, Sul catarinense. As informações são do portal G1.

“Inclusive, quando eu entrevistei a família, fiz os depoimentos, uma pessoa me narrou que ele (suspeito) chegou a comprar alimentos para levar para o enterro, parece-me que não tinham alimentos na ocasião. Ele comprou alimentos, levou lá para o enterro para poder deixar todo mundo confortável no velório”, afirmou o delegado ao portal. A morte de Brenda aconteceu na semana passada.

Leia também

O delegado garantiu que vi pedir que a prisão temporária do suspeito seja convertida em preventiva. Sobre os próximos passos da investigação, Rosa afirmou que “vai confirmar a versão do interrogatório do suspeito. Vamos finalizar o inquérito juntando todos os laudos periciais”.

Na tarde desta quarta-feira (18), um dos laudos apresentados pela perícia à Polícia Civil aponta que a jovem foi atingida por 60 facadas. Exames preliminares haviam indicado que Brenda foi morta com mais de 40 facadas.

Ainda de acordo com a perícia, a vítima foi atingida pelas coisas, tentou se defender, mas não resistiu aos golpes de faca. De acordo com o resultado dos exames, não houve sinais de violência sexual.

Brenda foi vista pela última vez no fim da tarde da última sexta-feira (13) na cidade de Maracajá, também no Sul catarinense, onde a jovem morava. Seu corpo foi encontrado no dia seguinte em uma plantação de eucalipto em Passo de Torres.