Suspeito de matar prefeito de Madeiro é primo da vítima e fugiu, afirma polícia

·2 min de leitura
Zé Filho, prefeito de Madeiro, foi assassinado na tarde de domingo (28). Suspeito fugiu (Foto: Reprodução)
Zé Filho, prefeito de Madeiro, foi assassinado na tarde de domingo (28). Suspeito fugiu (Foto: Reprodução)
  • Suspeito de assassinar Zé Filho, prefeito de Madeiro (PI), era primo de segundo grau

  • Prefeito foi baleado na tarde do último domingo e está sendo velado nesta segunda

  • Motivação do crime é desconhecida e suspeito fugiu após balear o prefeito

A Polícia Civil do Piauí identificou o suspeito de assassinar José de Ribamar Araújo Filho, prefeito de Madeiro, mais conhecido como Zé Filho (Progressistas). Trata-se de Felipe Anderson, de 25 anos, primo de segundo grau da vítima.

A informação foi revelada pelo delegado Abimael de Sousa ao portal g1. A motivação do crime ainda é desconhecida e, segundo a polícia, Felipe Anderson fugiu após matar Zé Filho e ainda não foi localizado.

“Testemunhas relataram que ele mora a 300 metros do local do crime. Ele teria deixado a moto ligada próximo do carro do prefeito, ficou aguardando ele chegar perto do carro para ir embora e nesse momento chamou o prefeito. Quando ele olhou, o autor disparou o primeiro tiro, que atingiu ele na cabeça. Depois que o prefeito caiu, ele disparou mais dois tiros, subiu na moto e fugiu”, relatou o delegado Abimael de Sousa.

A suspeita é e que o prefeito tenha sido atingido com um revólver, já que no local do crime foram encontrados projéteis. O caso ficará sob responsabilidade do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), de Teresina.

Ao g1, o delegado explicou que o pai do suspeito fazia parte da gestão anterior a de Zé Filho. Quando o prefeito assumiu, o homem foi retirado do cargo. No entanto, ainda não há confirmação sobre a motivação do crime.

O crime aconteceu na tarde o último domingo, quando o prefeito estava em um campo de futebol. O velório acontece na manhã desta segunda-feira (29). Ele chegou a ser socorrido pelo Samu e foi encaminhado ao Hospital Estadual Gerson Castelo Branca, mas não resistiu. Zé filho tinha 43 anos.

A Polícia Militar realiza buscas para encontrar o suspeito.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos