Suspeito de ser assassino em série de moradores de rua é preso em Belo Horizonte

·1 minuto de leitura

RIO - Foi preso nesta terça-feira em Belo Horizonte um homem de 54 anos suspeito de ser responsável por crimes de agressão e homicídio contra pelo menos 9 moradores de rua. A Polícia acredita que ele agia desde 2019. Não se sabe ainda ao certo quantos assassinatos teriam sido cometidos ao todo.

Ele foi preso na madruga enquanto tentava matar um morador de rua de 34 anos com uma panela de pressão. O porteiro de um dos prédio da rua Tupis, no centro de BH, acionou a Polícia Militar que partiu em busca do criminoso em fuga. A polícia localizou o suspeito horas depois no bairro de Funcionários, cerca de 30 minutos de distância do local do crime.

— Quando o pegamos, ele alegou legítima defesa. Mas logo depois começou a negar ter cometido a agressão — disse o tenente Bruno Costa, do 1 Batalhão de Polícia Militar de Minas Gerais.

O próprio suspeito se encontra em situação de rua, segundo o tenente. Com o homem foram apreendidos, além da panela de pressão usada no crime, duas facas, um vergalhão e dois fios de nylon.

O homem agredido foi encaminhado para o hospital Pronto-Socorro do Hospital João XXIII e se encontra em estado grave.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos