Suspeitos de pedofilia são presos pela PF em Goiás

Polícia apreendeu pornografia infantil com suspeitos de pedofilia. Foto: Getty Images.
Polícia apreendeu pornografia infantil com suspeitos de pedofilia. Foto: Getty Images.
  • Prisões foram feitas em Jataí e Rio Verde

  • Operação Querubins contra pedofilia realizou busca e apreensão nesta quinta

  • Pena pode chegar a dez anos de reclusão

Dois suspeitos de pedofilia foram presos nesta quinta-feira (26) pela Polícia Federal em Jataí e Rio Verde, municípios localizados no sudoeste de Goiás. Com os homens, os agentes apreenderam equipamentos usados para guardar e compartilhar imagens pornográficas de menores de idade.

Os homens foram detidos depois de a corporação constatar que eles tinham posse de material pornográfico envolvendo crianças e adolescentes. Junto com um dos suspeitos também foi apreendida uma porção de maconha. As informações são do portal G1.

As ações policiais faziam parte da Operação Querubins, criada para combater a pornografia infantil no estado. Nesta quinta, a operação cumpriu três mandados de busca e apreensão, que acabaram com a prisão dos suspeitos.

A investigação revelou que os homens compartilhavam as imagens em conversas privadas e grupos de mensagens em aplicativos de bate-papo. Se condenados, os suspeitos poderão pegar até dez anos de prisão, segundo o Estatuto da Criança e do Adolescentes (ECA).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos