Suspensão de fornecimento de gás pela Rússia será contraproducente, dizem autoridades ocidentais

Vállvulas e dutos em estação de distribuição de gás em Gustorzyn, na região central da Polônia

LONDRES (Reuters) - A decisão da Rússia de interromper o fornecimento de gás à Bulgária e à Polônia provavelmente será contraproducente, porque demonstra que a dependência da Rússia torna os países vulneráveis à coerção, algo que eles estão se esforçando para evitar, disseram as autoridades ocidentais.

A Rússia cortou os fluxos de gás para os dois países por rejeitar sua exigência de pagar em rublos, visando as economias europeias em sua mais dura retaliação até agora por sanções internacionais impostas a Moscou por sua invasão da Ucrânia.

"Essa ação é provavelmente contraproducente para demonstrar a todos por que a dependência da Rússia os torna vulneráveis à coerção desta natureza", disse um dos dois funcionários aos repórteres na quarta-feira, falando sob condição de anonimato.

A Europa está trabalhando para garantir que não esteja mais nessa posição de dependência e que "será em detrimento da Rússia a longo prazo, estratégica e economicamente", disse o funcionário.

Moscou diz que o corte de gás é para fazer cumprir sua exigência de pagamento em rublos, necessária para proteger sua economia das sanções.

As autoridades também disseram que a Rússia estava ameaçando um ato ilegal quando Moscou advertiu sobre uma "resposta proporcional" imediata se, em sua opinião, o Reino Unido continuasse a provocar a Ucrânia a atingir alvos na Rússia.

"É um conflito entre a Rússia e a Ucrânia provocado pela agressão ilegal da Rússia. Temos o direito de fornecer apoio militar a qualquer Estado que exerça seu direito à autodefesa, e isso é lícito. A declaração russa ameaçando ataques de retaliação é ilegal", disse uma autoridade.

(Reportagem de Kylie MacLellan)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos