Suzane von Richthofen deixa presídio para saída de Dia dos Pais

Reprodução/TV Vanguarda

Presa pelo assassinato dos pais, Suzane von Richthofen deixou a penitenciária do Tremembé, no interior de São Paulo, nesta quinta-feira (9) para a saída temporária de Dia dos Pais. Ela deve passar o fim de semana na casa do namorado, que a buscou no local por volta de 8h10, e retornará ao presídio na próxima segunda (13). A informação é do portal G1.

O direito à saída é um benefício concedido a detentos do regime semiberto que apresentam bom comportamento. Condenada a 39 anos de prisão por um dos crimes que mais chocou o país, Suzane obteve a progressão do regime fechado para o semiaberto em outubro de 2015. Sua primeira saída ocorreu em março de 2016, no feriado da Páscoa. Por com costura dentro da cadeia, tem direito a cinco saídas temporárias por ano.

Presa há mais de 15 anos, Suzane tenta a progressão para o regime aberto há cerca de um ano — a condição permitiria que ela cumprisse o restante da pena em liberdade.

Além dela, outras detentas também tiveram direito à saída temporária. Uma dela é Anna Carolina Jatobá, condenada pela morte da enteada Isabela Nardoni.

Saiba mais:
Sem ‘indício de culpa’, Suzane von Richthofen é reprovada em exame psicológico