Suzane Von Richthofen ganhou dinheiro pelo filme ‘A Menina que Matou os Pais?

·1 minuto de leitura
Em 2002, Suzane Von Richthofen e o namorado Daniel Cravinhos assassinaram os pais Manfred e Marísia von Richthofen (Divulgação)
Em 2002, Suzane Von Richthofen e o namorado Daniel Cravinhos assassinaram os pais Manfred e Marísia von Richthofen (Divulgação)
  • Filmes sobre o caso foram lançados hoje (24) na plataforma de streaming Prime Video

  • Obras foram produzidas com recursos privados, sem financiamento público

  • Os condenados pelos assassinatos não tiveram qualquer envolvimento com a produção

O Brasil parou para acompanhar o caso da menina que matou os pais. O crime virou notícias em jornais, reportagens na televisão e assunto em todas as esquinas. Ninguém conseguia acreditar no que Suzane Von Richthofen havia feito para herdar a herança da família.

Leia também:

Quase vinte anos depois o assassinato voltou a ser tema de discussão. Com o lançamento dos filmes "A Menina que Matou os Pais" e "O Menino que Matou Meus Pais", as pessoas iniciaram novas discussões: é correto fazer uma obra cinematográfica sobre o caso? Tem dinheiro público envolvido na produção? E Suzane receberia alguma coisa por isso?

Não, Suzane não receberá dinheiro ou qualquer bonificação pelo filme

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, Suzane não teve nenhum envolvimento com a produção do filme. O roteiro é da dupla Ilana Casoy e Raphael Montes, autores de Bom Dia, Verônica e a direção é de Mauricio.

Aa tramas foram construída a partir de relatos que Suzane e Daniel deram à Justiça. Cada um dos filmes trará a visão de um dos envolvidos no assassinato.

Também não há Lei Rouanet na parada

Produzida pela Santa Rita e distribuída para a Prime Video, as obras foram produzidas 100% com investimento privado, sem recursos governamentais. A ideia era lançar os filmes também nos cinemas, mas a pandemia frustrou os planos da produção.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos