Técnico de adversário do Flamengo na Libertadores quer treinar time brasileiro

·1 minuto de leitura

Destaque desta Libertadores, o atual técnico do Barcelona de Guayaquil, Fabián Bustos, tem uma missão muito clara: conquistar uma vaga no futebol brasileiro. De acordo com o jornalista Rafael Reis, do portal “UOL”, o argentino pretende usar as partidas contra o Flamengo, previstas para ocorrer nos próximos dias 22 e 29, como exemplo do bom trabalho.

Atualmente, o Barcelona de Guayaquil, vice em 1990 e 1998, é o único clube não-brasileiro no torneio continental.

"O nosso desejo é sempre continuar evoluindo. Estamos em uma fase muito boa já há três anos aqui no Equador. E, evidentemente, queremos o que há de melhor no mercado para nós. Já tivemos possibilidades em outros países, mas o mercado mais importante do continente é o Brasil", disse ele, em entrevista ao site.

Com o intuito de evidenciar o seu nome ainda mais no mercado da Série A, Bustos já contratou uma equipe de empresários brasileiros, cuja liderança é feita pelo ex-zagueiro Gélson Bares.

Caso o Barcelona não passe por esta rodada, este será o segundo ano consecutivo em que a Libertadores terá uma final composta por dois clubes brasileiros – em 2020, a partida foi disputada pelo Palmeiras e o Santos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos