Técnico de basquete suspeito de abusos sexuais contra crianças é preso em clube na Zona Norte do Rio

·1 minuto de leitura

A Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) prendeu, neste sábado, um homem suspeito de praticar abusos sexuais contra atletas crianças e adolescentes que ele recrutava e levava para treinar em um alojamento. Contra o técnico foi cumprido um mandado de prisão temporária.

Ele foi preso quando estava em um clube na Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio, no local usado para treinar os atletas. De acordo com a polícia civil, o homem também é suspeito de constranger os adolescentes, de praticar maus-tratos e de armazenar vídeos pornográficos dos abusos sexuais cometidos por ele. Ao menos cinco vítimas foram identificadas e prestaram depoimentos.

Para atrair as crianças, o homem recrutava atletas de baixa renda em outros estados com promessas de carreira de sucesso em grandes clubes, mas ficava com a documentação dos atletas, e assim, eles não conseguiam voltar para suas casas ou buscar outros clubes. O técnico, que se passava por policial, ainda ameaçava as vítimas para que elas não falassem sobre os abusos cometidos por ele. Os crimes aconteciam no alojamento em que ele vivia com as crianças, no bairro Abolição, na Zona Norte do Rio. O celular do homem foi apreendido e vai ser encaminhado para perícia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos