Técnico de clube alemão se demite após autoridades desconfiarem de certificado de vacinação falso

·1 min de leitura

Markus Anfang se demitiu do posto de técnico do alemão Werder Bremen, neste sábado, 20, depois de autoridades sanitárias iniciarem uma investigação, por suspeita que o técnico forjou o certificado de vacinação contra a Covid-19 apresentado ao clube.

Anfang nega que o pedido de demissão seja um mea-culpa; de acordo com o treinador, a principal motivação que o levou à escolha foi o receio que o impacto afete negativamente os rumos da temporada e sua vida pessoal. Ele estava à frente do time desde o começo da temporada

“Tendo em vista a pressão que cai sobre o clube e a equipe, e também sobre mim e a minha família, tomei a decisão de me demitir do cargo”, declarou Markus Anfang, por meio de um comunicado, que também informava a saída do auxiliar assistente, Florian Junge.

‘Nossa luta tem que ser maior ainda’, diz Celsinho, jogador do Londrina vítima de racismo

“Markus e Florian mostraram responsabilidade com a sua decisão, em face à instabilidade que se instalou no clube nas últimas semanas”, afirmou Frank Baumann, diretor administrativo do clube.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos