Técnico da Suíça, sobre golaço de Richarlison: 'É por isso que amamos futebol'

Murat Yakin oscilou entre reverência e desafio ao futebol brasileiro na coletiva que antecede o jogo entre Suíça e Brasil, segunda-feira, pela segunda rodada da primeira fase da Copa do Mundo. O treinador elogiou a qualidade dos jogadores brasileiros e não acredita em queda de rendimento da equipe com a ausência de Neymar, lesionado.

Questionado sobre o que achou do desempenho de Richarlison na vitória sobre a Sérvia, com direito a um golaço de voleio, afirmou, bem humorado:

- Foi absolutamente incrível. É por isso que assistimos futebol, por isso que amamos este esporte. Mas espero que ele não repita isso contra nosso time. Sabemos que eles têm grandes jogadores e que não precisam de muitos espaços para fazer um gol como aquele. É muita qualidade, incluindo no gol. Precisamos estra prontos para não darmos espaços a eles - afirmou.

Simulador: você decide quem será campeão da Copa do Catar

Tabela da Copa: Datas, horários e grupos do Mundial do Catar

O tom mudou quando as perguntas sobre o Brasil se repetiram, quando foi instigado a falar mais sobre a ausência de Neymar do que a respeito da própria equipe. Yakim está confiante de que a Suíça é capaz de vencer o Brasil na segunda-feira e assumir a liderança do grupo. Este ano, venceu Portugal e Espanha, pela Liga das Nações da UEFA.

Álbum completo: conheça todos os 831 jogadores da Copa

Ao vivo: Bastidores, informações e análises da cobertura direto de Doha

- Estamos acostumados a enfrentar grandes seleções e temos nossas próprias armas. Preciso me preocupar com o nosso time, temos jogadores rápidos. Sabemos que será um jogo completamente diferente do que foi contra Camarões, mas podemos vencer - enfatizou.